Product Manager: Saiba tudo sobre a carreira, o salário e como se tornar um

Atualizado: 11 de Nov de 2020

Qual é o papel de um Product Manager?


Product Manager são os profissionais responsáveis ​​por orientar o sucesso de um produto, geralmente no meio digital, e liderar - por influência - a equipe responsável por melhorá-lo. No mercado eles também são conhecidos pelo nome em inglês Product Manager (PM). É um papel importante, especialmente em empresas de tecnologia, que define a visão, a estratégia, e a definição de recursos para um produto ou linha de produtos.


O Product Manager também pode ter responsabilidades de marketing, técnicas e estimativas de receita. Algumas referências também comparam o Product Manager ao “CEO do produto”, embora o cargo não tenha poderes semelhantes ao de CEO nas empresas.


É esperado que o Product Manager mais sênior forneça uma profunda experiência em visão de produto, que se faz necessária para liderar a organização e tomar decisões estratégicas de produto. Dentre as tarefas, é comum a análise das condições de mercado e de competidores, estabelecendo uma visão do produto diferenciada e que agrega um valor único ao alinhar as necessidades dos clientes com as do negócio. A função envolve muitas atividades, e depende muito do contexto do negócio, desde estratégicas até táticas, e é responsável pela liderança multifuncional - principalmente entre as equipes de engenharia, design, marketing, vendas e suporte.


O Product Manager também é o profissional responsável por fomentar o porquê, quando e qual produto a equipe vai focar, de modo que eles lideram - por influência - desde a concepção de um produto até o lançamento.


Mas afinal, o que é um produto?


Essa é a pergunta fundamental, e deveria ser feita constantemente nas empresas. Um produto é qualquer objeto ou serviço que atenda às necessidades ou desejos de um cliente, que pode ser interno (dentro da empresa) ou externo, como os usuários finais, pessoas ou empresas. Embora pareça simples, há muito mais complexidade em um produto do que seus atributos demonstram à primeira vista.


Um produto, assim como a sua distribuição, pode ser físico ou virtual. Produtos virtuais são ofertas de serviços ou experiências . Produtos físicos pode ser bens duráveis e bens não duráveis. Além disso, podem ser um híbrido e incluir elementos físicos e virtuais, ou até a distribuição de um produto físico ser um produto virtual, como um site que vende garrafas de vinho, ou um marketplace de roupas usadas.


Um site ou um software pode ser considerado um produto e um serviço. Antigamente era comum a comercialização de software em mídias como CD/DVD. Você poderia comprar uma versão física do software e instalá-lo no local, o que era tradicionalmente feito. Isso significa simplesmente que o software está instalado no computador do usuário, em comparação com um servidor remoto ou na nuvem. Atualmente, muitos produtos de software são vendidos virtualmente. É aqui que o termo software como serviço (SaaS) se origina. Essa abordagem usa um modelo de entrega baseado na Web e os clientes pagam uma taxa de assinatura mensal ou anual para acessar o software.


Geralmente é o Product Manager o responsável pelo planejamento e manutenção de um produto durante todo o seu ciclo de vida. O papel do Product Manager nas empresas de tecnologia é pensar holisticamente sobre a experiência do cliente. Isso ocorre porque os clientes decidem o que pensam e como se sentem sobre um produto com base no conjunto total de interações que mantêm com uma empresa - fornecer um bom produto a um preço competitivo não é suficiente para obter lealdade a longo prazo.


Existem muitas maneiras adicionais de classificar produtos. Focaremos em algumas áreas, incluindo modelo de cliente, comportamento de compra, produtos comerciais e setor.


Modelos de clientes

Existem dois tipos principais de clientes - consumidor (Consumer) e empresa (Business). Os produtos são geralmente classificados como B2B ou B2C, com base no tipo de cliente que atendem. Há também algumas ramificações, como B2B2C, quando uma empresa é intermediária, como um marketplace, ou C2C quando é um negócio que liga consumidores de ponta a ponta, como o Mercado Livre.


Uma empresa pode ter clientes comerciais e consumidores, mas entender como cada tipo de comprador comprará e usará um produto é fundamental para o seu produto e sua estratégia de marketing.


Comportamento de compra

Os produtos de consumo geralmente são mais categorizados pelo comportamento de compra. Cada tipo de produto possui um conjunto distinto de características que influencia a maneira como os clientes as compram.


Produtos comerciais

Os produtos comerciais, por outro lado, ajudam as empresas a criar seus próprios produtos ou a operar seus negócios. Exemplos de produtos comerciais incluem matérias-primas, equipamentos, componentes, suprimentos e serviços comerciais. O software comercial é usado pelas empresas para oferecer suporte às principais funções comerciais. Exemplos de aplicativos de negócios incluem contabilidade, gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM), gerenciamento de recursos humanos e software de planejamento estratégico. Os aplicativos de negócios são ainda classificados pelo tamanho da empresa - pequenas e médias empresas ou empresas.


Setor

Os produtos também são descritos pelo setor em que atuam. As indústrias são categorias amplas, como energia, saúde, serviços financeiros e tecnologia da informação. Os produtos personalizados para atender às necessidades de um setor específico são chamados de produtos de mercado vertical. Um exemplo de produto de mercado vertical é um aplicativo de assistência médica para gerenciar dados do paciente. Quando um produto está presente em vários setores, é descrito como um produto de mercado horizontal e pode suportar uma ampla gama de necessidades dos clientes. Por exemplo, uma plataforma de contabilidade geral pode ser usada por todos os tipos de negócios.


Experiência completa do produto

Um produto é mais do que apenas o item físico ou virtual vendido. Obviamente, os recursos e benefícios que um produto oferece são importantes. O valor é baseado no fato de o seu produto fornecer os recursos e benefícios essenciais que um cliente espera, recursos e benefícios de valor agregado que excedem as expectativas e aprimoramentos futuros.


Cargos da área de produto


Embora não seja uma regra, a maioria dos Product Managers possui diploma universitário. Formar-se em negócios ou tecnologia e obter estágios relevantes pode aumentar as chances de entrar em uma função de produto de nível básico.


Os Product Managers também podem desenvolver as habilidades necessárias concluindo o treinamento profissional relacionado às metodologias de desenvolvimento de produtos (como scrum) ou outros cursos livres.


Os títulos e funções em uma função de gerenciamento de produtos dependerão do tamanho e do tipo da empresa. Algumas organizações usam cargos como "Product Manager", "Product Owner (PO)" e “Arquiteto de negócios” para descrever funções que incluem o trabalho de gerenciamento de produtos. Dependendo da metodologia de desenvolvimento de produto que sua empresa usa, pode haver ainda mais variações de título. Os nomes de cargos mais comuns para cada nível de senioridade são:


Associate Product Manager ou Analista de produto

Um Associate Product Manager (APM) é uma posição de nível de entrada, geralmente subordinada a um Product Manager (PM) ou Group Product Manager (GPM). Geralmente, essa é uma posição de orientação garantida no início da carreira de um Product Manager. Os APMs têm a oportunidade de aprender com os líderes seniores de produtos e formar uma base sólida de boas práticas.


Product Manager

Um Product Manager (PM) normalmente é responsável pela estratégia, roteiro e definição de recurso de um produto ou linha de produtos. Eles podem se reportar ao GPM, ao Product Manager Senior ou ao CPO - tudo depende do tamanho e da estrutura da empresa. Eles podem passar para o cargo com três a cinco anos de experiência. Esse papel abrange muitos tipos de atividades, de estratégicas à táticas. Eles fornecem liderança multifuncional e preenchem lacunas organizacionais entre diferentes grupos funcionais - geralmente entre engenharia, marketing, vendas e suporte.


Product Owner (PO)

Algumas equipes ágeis têm umProduct Manager e um Product Owner. É provável que o Product Owner relate ao mesmo gerente que o PM, com um nível semelhante de experiência de trabalho. Em vez de encarregar uma única pessoa com responsabilidades externas e internas, a função é dividida em duas partes. O Product Owner pode apoiar a equipe de desenvolvimento, priorizando as histórias do usuário e atendendo às demandas do produto. Enquanto isso, o Product Manager será encarregado de comunicar a voz do cliente e terá a tarefa de interagir com o mercado e com o cliente.


Group Product Manager (GPM)

O Group Product Manager é encarregado da liderança e direção de uma equipe de Product Managers, e responsável por um grupo específico de produtos. É a função não executiva mais sênior que um Product Manager pode ter e, muitas vezes, é responsável pelo gerenciamento de outros Product Managers. Eles geralmente se reportam a um Head ou CPO. As responsabilidades diárias de um GPM incluem pesquisa, estratégia, desenvolvimento de produtos e gerenciamento de pessoas.


Head de Produto

O head de produto geralmente se reporta ao CPO, em uma organização maior, ou diretamente ao CEO em uma organização menor. Essa é uma função sênior que requer experiência em gerenciamento e capacidade de colaborar com executivos e outros líderes multifuncionais. O head de produto deve ser capaz de articular uma visão clara para o futuro do produto.


Diretor de Produto - CPO

O diretor de produto (CPO) geralmente se reporta diretamente ao CEO e é responsável por todas as atividades do produto dentro de uma organização. O CPO normalmente trabalhará na definição da estratégia geral do produto, projetada para atingir a visão e os objetivos corporativos estabelecidos pelo CEO e pelos membros do conselho. Às vezes, o CPO também desempenha o papel de CMO. Nesse caso, eles gerenciam o marketing e o desenvolvimento do produto.


Se você já trabalha em uma função de produto e deseja mudar para um cargo mais sênior, procure oportunidades para desenvolver habilidades analíticas, técnicas, de design de produtos, liderança e comunicação com o cliente.


Programas de treinamento e materiais educacionais estão ganhando popularidade para ajudar os Product Managers que desejam dominar o ofício. Mas o gerenciamento de produtos em geral continua sendo um plano de carreira que exige muita exposição para que ocorra o aprendizado.


Habilidades necessárias para ser Product Manager

Considerando que o papel de Product Manager se popularizou com o crescimento dos número de startups, as habilidades necessárias ainda estão sendo descobertas, até porque as responsabilidades mudam de empresa para empresa e a disciplina de gerenciamento de produtos geralmente é mal compreendida.


Para ajudar a entender melhor o tipo de trabalho que os Product Managers realizam e as habilidades e qualidades necessárias para fazer isso funcionar bem, separamos os 4 aspectos da liderança e as responsabilidades nos nove arquétipos. Você descobrirá que, embora nem todos os Product Managers sejam especialistas em cada contexto, os melhores Product Managers são capazes de cruzar várias categorias de habilidades.


Aqui estão os principais aspectos da liderança de produto pelos quais todos os Product Managers devem se sentir responsáveis:


Estratégia

O Product Manager tem como responsabilidade definir uma visão e uma estratégia de produto - e ele fará isso melhor se envolver os stakeholders e o próprio time. A missão do Product Manager é alinhar as necessidades de negócio, do usuário e conduzir a equipe para que eles entendam a intenção por trás do novo produto. O Product Manager unir as pontas para criar o roteiro e deve priorizar a construção do que é mais importante para atingir as metas e iniciativas estratégicas por trás do produto.


Impactos no produto

Os Product Managers devem planejar como a equipe pode tentar impactar o produto. Independentemente da metodologia de desenvolvimento usada pela equipe de engenharia, o Product Manager é responsável por definir quais e como serão os impactos e coordenar todas as atividades necessárias para trazer o produto ao mercado. Isso envolve preencher as lacunas entre as diferentes funções da empresa e alinhar todas as equipes envolvidas - ou seja, marketing, vendas e suporte ao cliente. As responsabilidades também incluem o gerenciamento de dependências dentro e entre os releases para concluir as fases e os marcos do release.


Ideação

Toda organização pode fornecer idéias para melhorias no produto - mas a parte difícil é gerenciá-las e priorizá-las. Os Product Managers são donos do processo criativo de gerar, desenvolver e curar novas idéias. Eles determinam quais idéias devem ser promovidas em recursos para impulsionar a estratégia do produto - ou seja, aquelas que atingirão os principais objetivos da linha de produtos e negócios. Para isso, eles também garantem que o feedback e as solicitações sejam perfeitamente integrados aos processos de planejamento e desenvolvimento de produtos. Os Product Managers devem comunicar o status das idéias aos clientes, parceiros e membros da equipe interna que as enviaram.


Recursos

O Product Manager prioriza os recursos classificando-os em relação às metas e iniciativas estratégicas. Isso requer a tomada de decisões difíceis, com base no valor que os novos recursos oferecerão aos clientes e aos negócios. O Product Manager também é responsável por definir os requisitos para cada recurso e a experiência do usuário desejada. Os Product Managers trabalham em estreita colaboração com a engenharia nas especificações técnicas e garantem que as equipes tenham todas as informações necessárias para entregar um produto completo no mercado.

Construir ótimos produtos é revigorante. Os produtos de sucesso são criados e adotados pelos clientes quando um grupo de membros comprometidos, focados e apaixonados da equipe desempenha suas posições da melhor maneira possível. Isso começa com um forte Product Manager que sente um profundo senso de responsabilidade por sua função e gerencia o que é definido acima. Quando bem feitos, os Product Managers têm o melhor trabalho do mundo.

Alguns arquétipos de um Product Manager:


Observador

O Product Manager vê clientes, mercados e equipes como eles são. Os melhores podem identificar oportunidades onde outros podem ver nada além de um terreno baldio. Isso requer uma habilidade aguçada de observar sem julgamento e ouvir profundamente sem falar - nada fácil. Os Product Managers fazem isso para que possam usar suas observações para montar uma imagem holística de onde o produto está atualmente, o que os clientes pensam e para onde ele precisa ir no futuro.


Visionário

O Product Manager define a visão para onde o produto é direcionado, com base em ver a verdade através de observação profunda, conforme descrito acima. Produtos significativos que resolvem problemas reais do cliente exigem uma visão profunda e confiança total para ver e construir. E, embora os clientes geralmente saibam que sofrem, é raro encontrar um cliente que saiba exatamente como resolvê-lo. O Product Manager visionário sabe como a equipe deve aprimorar o produto a seguir, mesmo que todos não tenham certeza do que fazer em seguida.


Estrategista

O Product Manager define as metas e as principais iniciativas do produto para realizar a visão. Eles começam com uma estratégia orientada pelo mercado e pelo cliente e consideram cuidadosamente a capacidade e o potencial da organização. Em seguida, eles estabelecem o que desejam alcançar e como chegarão lá, para que a equipe de produto possa trabalhar no que importa. O Product Manager estratégico rastreia as metas e faz alterações no plano.


Contador

O Product Manager tem a responsabilidade de possuir o desempenho de seu produto e essa estratégia. Certamente, o Product Manager define cuidadosamente metas quantificáveis ​​e estabelece métricas claras para determinar o sucesso. Mas não basta apenas estabelecer metas e iniciativas. Os Product Managers estratégicos sabem que não podem melhorar o que não medem. Portanto, eles mantêm um painel de métricas de desempenho importantes para a saúde do produto e dos negócios. Os Product Managers vivem de acordo com essas métricas e são levados em consideração continuamente.


Alinhador

Os Product Managers mais respeitados trabalham em dois níveis simultaneamente - impulsionando o alinhamento estratégico dentro da equipe de produto, e garantindo que todos estejam sincronizados. Eles também se comprometem a garantir que a estratégia esteja profundamente ligada ao trabalho diário. Esse trabalho de alto nível e orientado a tarefas deve ser alinhado pelo Product Manager. No nível mais tático, os Product Managers garantem que a priorização de recursos esteja alinhada à estratégia, criam planos multifuncionais detalhados e lideram a equipe para entregar resultados.


Motorista

O Product Manager conduz a ação. Ninguém pressiona mais a equipe a realizar um trabalho significativo. Eles conhecem a importância da urgência em toda a equipe e respondem rapidamente às solicitações de informações e problemas, porque não podem se dar ao luxo de diminuir a velocidade da equipe. O tempo é um recurso escasso, portanto, todos os dias eles trabalham para garantir que o produto seja mais amado pelos clientes do que no dia anterior.


Lutador

O Product Manager luta para tornar conhecida a verdade sobre os clientes e o produto e se recusa a se distrair de sua estratégia. Eles são os primeiros a ficar empolgados (muito, muito empolgados) quando uma nova idéia mostra o potencial de melhorar verdadeiramente o produto para os clientes. Mas eles também são os primeiros a dizer não quando a nova ideia brilhante não está alinhada com as metas e iniciativas. Eles lutarão pelo cliente e pela equipe - porque sabem que os dois estão inexoravelmente entrelaçados.


Evangelista

O Product Manager bem-sucedido também é o maior profissional de marketing do produto - interna e externamente. Não importa o tamanho da empresa, um defensor interno do produto é fundamental. Mas é ainda mais crítico em empresas maiores, onde muitos Product Managers estão frequentemente competindo por recursos compartilhados. Externamente, o Product Manager é o maior fã do produto, porque está inerentemente vinculado ao seu sucesso e conhece o valor que pode oferecer mais do que qualquer outra pessoa. O Product Manager é um evangelista natural que não pode deixar de compartilhar seu entusiasmo pelo hoje e pelo amanhã de seu produto.


Administrador

O Product Manager corrige tudo. Eles ajustam a estratégia do produto com base em análises significativas do que está acontecendo. Eles também são a primeira pessoa chamada a resolver problemas complexos - a experiência de integração não está impulsionando o envolvimento esperado do cliente, as vendas deturparam quando um novo recurso será entregue ou um parceiro está exigindo alterações na API. Saber quais problemas prestar atenção é fundamental, porque determina quando corrigir um problema, quando deixá-lo em paz ou quando permitir que a organização se corrija. Os melhores Product Managers sabem quando precisam se aprofundar e quando não se intrometer. E o Product Manager administrador conta com todas as outras habilidades (observador, profeta, estrategista, contador, alinhador, motorista, lutador e evangelista) para priorizar quando e o que fazer.


Esta lista aborda as principais funções que um Product Manager preenche e o valor que um Product Manager agrega a uma organização. É claro que existem outros arquétipos - psicólogo, coach, gatekeeper -, mas queríamos focar nos que mostram como os Product Managers contribuem mais para a equipe e a empresa.


No entanto, a cruel realidade é que ninguém é mestre em cada categoria de habilidade e a maioria das habilidades não pode ser aprendida na escola. Cada empresa e produto também exige foco e experiência únicos. O que um produto precisa de seu líder em gerenciamento de produtos e da equipe de produtos geralmente é baseado em onde o produto está em seu ciclo de vida, da concepção à deprecação.


Por fim, os Product Managers são responsáveis ​​pelo sucesso de seu produto e é por isso que precisam ser mestres em tantos domínios.


O time

Por trás de um grande produto existe uma grande equipe - e essa equipe é naturalmente multifuncional. A liberação de produtos e novas funcionalidades exige várias perspectivas diversas. Uma equipe de produto típica é liderada pelo Product Manager e inclui líderes de engenharia, design, e data science.


A equipe do produto desempenha um papel organizacional crucial dentro de uma empresa. Essa equipe é responsável por implementar a estratégia, o roteiro e a definição de recursos para esse produto ou linha de produtos.


As equipes de produtos também podem ser responsáveis ​​pelas responsabilidades de marketing, e previsão de receita. Finalmente, a análise competitiva e de mercado é uma habilidade que as equipes de produtos devem possuir. Essa habilidade é essencial para implementar uma visão única do produto que agregue valor ao cliente.


O papel das equipes de produto abrange muitas atividades, de estratégicas à táticas. Na melhor das hipóteses, as equipes de produtos fornecem liderança multifuncional. A equipe do produto une diversas equipes dentro de sua empresa. Mais notavelmente, as melhores equipes de produtos inspiram outras equipes - como engenharia e marketing - a trabalhar no sentido de alcançar uma visão compartilhada do produto. Isso exige que as equipes de produto possuam sua visão de produto e a compartilhem com as partes interessadas em suas organizações.


As equipes de produtos têm muitos pontos de impacto, desde as principais partes interessadas até os usuários finais de seus produtos. Isso requer empatia para entender as necessidades de todos e reconhecer suas contribuições. No entanto, isso pode ser paralisante sem a liderança certa. Embora as equipes de produto devam reconhecer todas as perspectivas, elas não podem evitar a liderança estratégica. Por fim, a equipe do produto é responsável por tomar decisões de alto nível em relação a seus produtos.


Como tal, é importante que as equipes de produtos liderem com convicção, entendendo e interagindo com os usuários finais de seus produtos. Isso oferece um forte senso do que os usuários desejam e serve como base para a visão estratégica de um produto. As equipes de produtos podem se tornar excessivamente dependentes do boato de outros departamentos. Mas cada departamento tem suas próprias metas e objetivos - e suas prioridades para um produto podem não estar alinhadas com a visão estratégica deste produto.


Embora esses departamentos tenham participação em um determinado produto, a equipe do produto deve saber quais ideias alcançarão a visão estratégica deste produto. Esse senso de propriedade é essencial para oferecer satisfação ao cliente a cada passo.


Salário médio do Product Manager

Quanto normalmente um Product Manager ganha? Existem muitas faixas salariais diferentes. Depende em grande parte das experiências anteriores, da indústria e do nível de experiência como Product Manager.


De acordo com sites salariais como Glassdoor, os salários típicos entre os Product Managers podem variar de R$4 mil a R$15 mil ou mais, dependendo de onde eles estejam em sua carreira.


Então, qual é a diferença entre um APM que ganha R$4 mil e um Senior Product Manager que ganha R$15 mil? Existem alguns componentes-chave que os recrutadores pesam ao fazer uma oferta de salário. Experiência, localização geográfica, educação e conhecimento do setor afetam os salários de gerenciamento de produtos.


Iniciando na carreira

Aprender a disciplina de gerenciamento de produtos leva tempo e prática. E as formas de ingresso podem ser diversas. Todos os Product Managers eram novos no processo em algum momento de suas carreiras; portanto, não desanime. Aqui estão algumas sugestões de como iniciar rapidamente sua compreensão do produto, mercado, cliente e valor que seu produto oferece:


Conheça os objetivos da sua empresa

No final do dia, como Product Manager, você avaliará não apenas o sucesso do seu produto, mas também a capacidade de alinhar-se às metas e objetivos da empresa. Compreender como o seu chefe é medido ajuda a orientá-lo a entender o que é importante para a alta gerência e a pessoa diretamente responsável por orientá-lo e treiná-lo.


Converse com os vendedores

Os vendedores estão em constante comunicação com os clientes e conhecem o produto por dentro e por fora. Um vendedor pode ter fornece um nível profundo de insight e apreço pelo funcionamento do produto, além de como os clientes aproveitam o produto no trabalho ou na vida cotidiana.


Fale com os clientes

Não tenha medo de se envolver diretamente com os clientes. Na maioria dos casos, os clientes que estão usando ativamente o seu produto vão querer dizer o que eles mais gostam (ou detestam), o que lhe dá uma visão e poder para tomar decisões e compensações. A única maneira de realmente entender o valor do seu produto é falar com as pessoas que mais usam - seus clientes.


Use o produto

Se você trabalha em uma empresa de alta tecnologia no desenvolvimento de aplicativos B2B, peça aos seus engenheiros que lhe dêem acesso a um ambiente de demonstração ou de preparação, onde você mesmo pode mexer. Não há melhor experiência de aprendizado do que através do uso prático. Normalmente, os vendedores têm acesso às áreas de demonstração e preparação, por isso ainda mais motivos para fazer amizade com um vendedor.


Preste suporte ao cliente

A equipe de suporte ao cliente está constantemente respondendo a perguntas e problemas dos clientes. São eles que bloqueiam e enfrentam as questões difíceis que surgem dos clientes e parceiros. Ouça o feedback e as perguntas que os clientes trazem para a equipe.


Entenda como a equipe de suporte ao cliente se envolve com os clientes e use esse conhecimento para aprofundar sua compreensão do cliente e do produto. Se você não puder atender, faça uma reunião com o gerente de suporte ao cliente e os representantes de suporte individuais para analisar a lista de problemas e as principais perguntas recebidas semanalmente.


A rotina de um Product Manager

Como Product Manager, você pode acabar desempenhando uma de várias funções em um determinado dia. Você usa vários chapéus e precisa unir diversas áreas da empresa. Grande parte do seu trabalho envolve preencher as lacunas para avaliar onde a equipe pode faltar e onde você pode preencher.


Seu trabalho principal é lidar com tudo o que deve ser feito para que seu produto esteja trazendo impacto no negócio. Essa é uma tarefa desafiadora - e a razão pela qual o gerenciamento de produtos pode parecer exaustivo. Compreender mais sobre o que um Product Manager faz todos os dias ajudará você a enfrentar o papel com convicção.


Grande parte do gerenciamento de produtos é saber o que construir e o que não construir. Como Product Manager, todos estão constantemente lançando idéias para você. Seu papel é pegar essas idéias e desenvolver uma estrutura para ajudá-lo a entender se elas o ajudarão a atingir objetivos de curto e longo prazo. E se eles ajudarem a alcançar esses objetivos, como você se aproxima e descobre quais deles buscar (com base em seus recursos limitados de engenharia e design)?


O equilíbrio é a chave para as decisões que você deve tomar como parte do caminho da estratégia do produto. Leve em consideração sua visão, seus objetivos, suas iniciativas versus seus recursos de design e engenharia.


Grande parte do gerenciamento de produtos está em balancear uma necessidade versus um desejo do usuário. Seu cliente realmente precisa filtrar os resultados da pesquisa por 20 tipos diferentes de opções de filtragem e classificação? Ou isso é algo que 3 em cada 1.000 clientes desejam?


É um dos muitos trabalhos de um Product Manager entender completamente o que um cliente precisa, o que sua empresa deseja alcançar e equilibrar isso com seus recursos limitados. Decidir quais recursos construir e não construir é uma parte crucial do trabalho, e uma abordagem consciente pode ajudá-lo a tomar decisões estratégicas racionais.


Depois de começar a descobrir quais recursos construir, você começará a criar um plano de longo prazo do que deseja construir ao longo do tempo. Este é o começo do roteiro do seu produto, que mostrará a você e sua organização onde sua equipe deve concentrar sua atenção.


Execução

Se você não estiver gerando impactos regularmente (novos experimentos, corrigindo bugs, etc.), não estará fazendo seu trabalho. Esse é o lado tático do gerenciamento de produtos, no qual você aplica as decisões que tomou em relação ao que construir - e começa a agir.


Essa parte central do gerenciamento de produtos é fundamental para sua função. É a pergunta que surge no caminho de todos na sua empresa: "O que você está construindo?".


É super importante garantir que as coisas estejam claras. Você nunca deseja deixar pontos de interrogação para seus engenheiros e designers, pois isso pode levar à incerteza. Quanto mais claro você puder fazer seu ponto de vista, maior será a probabilidade de o seu produto sair como você espera.


Liderança

O Product Manager é uma das poucas funções em uma empresa em que você pode não ter relatórios diretos, mas está constantemente pedindo a outras pessoas que façam coisas por você. É preciso ter fortes habilidades de comunicação e negociação para fazer isso acontecer. E você deve mostrar uma forte liderança para que sua equipe acredite - e construa - sua visão de produto.


O gerenciamento de produtos envolve mais do que decidir o que construir e garantir que isso aconteça. Também envolve garantir que o seu produto tenha todo o suporte necessário para ser construído e lançado com sucesso.


Felizmente, você não está sozinho nessa enorme tarefa. Mas, para que isso aconteça, você precisará fornecer liderança às suas equipes e trabalhar em estreita colaboração com:


  • Executivos, para obter os recursos necessários

  • Engenheiros, para construí-lo da maneira que você precisa

  • Designers, para ter a aparência que você deseja

  • Profissionais de marketing, para ajudar a divulgar

  • Clientes, para usar o produto da maneira que você imaginou


O gerenciamento de produtos requer um líder na linha de frente que esteja constantemente se comunicando em todas as funções organizacionais. Esse líder garante que todos estejam se movendo no mesmo ritmo e trabalhando em direção ao mesmo objetivo - para serem a primeira equipe na linha de chegada do mercado.


60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo